news


Dec/31/1969

Carlso Buby canta no Centro de Tradições Nordestinas

Cantor e compositor alagoano presta homenagem à bravura dos vaqueiros nordestinos em show gratuito no CTN, domingo 9 de novembro, às 15 horas**

A gravadora Batoke (www.batoke.com.br) promove, em parceria com o Centro de Tradições Nordestinas de São Paulo (CTN), o show “Terra de Deus Repentista”, domingo, dia 09 de novembro às 15 horas.

Carlos Buby nasceu em uma fazenda do interior de Alagoas, no nordeste brasileiro. Dessa origem, carrega os traços fortes marcados pelos contrastes de nossa terra que lhe trouxeram inspiração para a música e para busca da espiritualidade.

Com o lançamento de “Terra de Deus Repentista”, Buby retoma sua carreira musical, iniciada em S. Paulo nos anos 60 e interrompida por sua trajetória espiritual junto à Umbanda. Na época, ele vencera o I Festival Inter-colegial da Música Brasileira de S. Paulo, com a canção “Onde está Deus que não vê”. A música não chegou a ser gravada por ter sido censurada pelo então regime militar.

Inspirado nos contrastes de nossa cultura, Buby dedica seu novo álbum à luta contra os preconceitos e a intolerância. O álbum é o retrato de um artista que convive desde cedo com os desafios da vida. Buby revela que não esqueceu os problemas e os sentimentos de sua terra natal. Suas canções contestam as diferenças sociais. “Não consigo me adaptar até hoje às injustiças que acontecem no Brasil e no mundo, como a fome no Nordeste, a mortalidade infantil por falta de recursos e muitas outras situações, como a intolerância religiosa. Não posso entender que as pessoas não se mobilizem para reverter esse quadro”, diz Buby.

A canção que dá o título ao CD foi inspirada na bravura dos vaqueiros nordestinos. “É uma ode aos homens de couro que sobrevivem à seca dos corações insensíveis, numa terra árida que Deus improvisou antes de terminar a Criação. Seus aboios solitários são lamentos que jamais serão decifrados pela indiferença humana”, afirma Buby.

“Terra de Deus Repentista” é o resultado de uma rica mistura que revela uma música popular vibrante, temperada com ritmos e influências africanas, que vai do xote ao baião, passando por baladas e sambas. A música “Feiticeiro Negro” aborda o preconceito sofrido pelos praticantes das religiões afro-brasileiras e é um convite para sair do estado de indiferença no qual o ser humano se encontra diante desses contrastes. O vídeo clipe já recebeu cerca de 50 mil visitas no site YouTube. Outras faixas lançam luz sobre importantes questões da atualidade. A faixa “Das Dores” é um clamor pelo respeito à sensibilidade feminina e “Dono das Matas” é um chamado à consciência ambiental.

O site da gravadora Batoque (www.batoke.com.br) disponibiliza varias faixas de “Terra de Deus Repentista” em áudio streaming.

Contato Imprensa: Flavia Castro (flavia@batoke.com.br) Tel: (19) 3342-7267 – (19) 9684-1792

Serviço: Evento: show: “Terra de Deus Repentista” de Carlos Buby Local: Centro de Tradições Nordestinas Entrada Gratuita Endereço: Rua Jacofer, 615 – Bairro do Limão, São Paulo, SP 02712-070

View other news